/Por Ana Beatriz Miranda

Vinhos para presentear? Sim! O vinho tem muitas virtudes. É rico em aromas que se abrem a cada girar da taça, sabores que fazem festa no nosso paladar e sensações deliciosas ao harmonizar com receitas e momentos especiais. Mais do que isso, a bebida é elegante por natureza, mesmo quando a apreciamos sem todos os rituais charmosos que fazem parte do seu consumo. 

Então, com seu ar de requinte, o vinho é um excelente presente. E nem apenas naquelas ocasiões em que temos eventos inesperados e uma garrafa da adega com uma fita amarrada nos salva ou os típicos amigos secretos de fim de ano. Um belo exemplar é uma grande surpresa para qualquer situação e nível de conhecimento do presenteado. Confira os melhores vinhos para presentear!

Vinhos para presentear

Para iniciantes no mundo do vinho

Se a pessoa que você for presentear ainda não conhece muito sobre nossa bebida favorita, você deve apostar nos rótulos mais fáceis de beber, sem passagem por barricas de carvalho. Tintos ou brancos de safras recentes, leves e descomplicados, de preferência do Novo Mundo, do Chile ou da Argentina. Merlot, Cabernet Sauvignon, Chardonnay e Sauvignon Blanc são ótimas uvas para os iniciantes.

Frisantes também costumam agradar os novos consumidores, por seu perfil divertido e frescor. Aposte nos Lambruscos que o sucesso é garantido. Quanto à classificação de açúcar, escolha os meio secos, que possuem certa doçura no paladar.  

Para experts na bebida

Caso o presente seja para alguém que sabe tudo sobre vinho, a pedida certa é um rótulo célebre. Isso não significa necessariamente que a bebida deve ser cara. Há grandes exemplares, mundialmente famosos, a preços acessíveis, embora obviamente existam os de valores elevados.

Os clássicos Barolo e Barbaresco — ambos do Piemonte, Brunello di Montalcino, Nobile di Montepulciano, Chianti e Supertoscanos — da Toscana, todos da Itália, os tradicionais Bordeaux e Borgonha, um reserva ou gran reserva espanhol ou português, além do incomparável champanhe são todos escolhas assertivas. Além desses, há exemplares de qualidade superior elaborados no Novo Mundo.  

Para quem adora vinhos refrescantes

Se a praia de quem você vai dar um vinho é literalmente a praia, bebidas leves e frescas são a melhor opção. Vinhos brancos de safras recentes com acidez agradável, como os elaborados com Torrontés, Sauvignon Blanc e Alvarinho, certamente irão agradar.

Os vinhos verdes e os rosés mais jovens também têm tudo a ver com quem aprecia refrescância. Espumantes e frisantes, servidos mais gelados, são boas escolhas, já que são maravilhosos para acompanhar um dia ao ar livre.  

Para quem ama harmonizar

Para pessoas que adoram combinar a bebida com receitas, os rótulos gastronômicos são os ideais. De forma geral, o vinho é perfeito para harmonizar, contudo, entre eles existem aqueles que pedem mais comida. São os chamados de gastronômicos, com uma nota a mais de acidez ou tanino que, se degustados sozinhos, podem parecer austeros, mas ficam equilibrados com um prato que combine.

Sendo assim, opte por rótulos feitos com uvas mais tânicas, como Tannat, Cabernet Sauvignon e Malbec, ou com acidez notória, como Sangiovese, Nebbiolo e Barbera, no caso das tintas. Quanto aos brancos, vá de Sauvignon Blanc, Riesling, Arinto e Chardonnay.  

Para quem você não sabe o gosto

Agora se você não conhece a preferência da pessoa que vai presentear, isso não é um problema quando falamos de vinho porque há opções coringas que são muito difíceis de não agradarem. Espumantes de denominações de origem, como proseccos, cavas e champanhes têm tudo para arrancarem sorrisos.

Vinhos de médio preços de Bordeaux, com o corte bordalês, comumente consumidos nos bistrôs da região, também são escolhas acertadas. Um malbec argentino de alguma vinícola conhecida ou um cabernet sauvignon chileno possivelmente serão excelentes presentes.   

Experimente nossas seleções e viva a melhor e mais abrangente experiência enológica. Associe-se!