A expectativa para o início de um ano novo é sempre muito grande, especialmente quando os últimos meses foram desafiadores. Pensando em levar boas energias e começar 2021 mais leve, a Barefoot, estreia a campanha “A vida é mais doce com positividade”. 

A iniciativa tem como objetivo levar sentimento de esperança de que, em 2021, os amantes do vinho tenham bons motivos para brindar. Ainda em meio a pandemia, a empresa aconselha que os brindes sejam realizados em casa e este momento de virada de ano seja compartilhado com os mais próximos, em família. Obviamente, isso inclui os pets, que foram imprescindíveis companheiros durante o isolamento social e nos despertam os sentimentos mais alegres e positivos possíveis.
 

Os pets são os atores principais desta campanha de Barefoot, que sempre abraça uma causa social em todas as suas ações. Desta vez, a marca convida a todos a fazerem uma adoção responsável. Para tanto, a ONG @adotarechic é a parceira oficial deste movimento e vai receber um apoio simbólico no valor de R $2,5 mil para a campanha. 

Durante a campanha – que tem como embaixadores o influencer Vitor di Castro e a Ciça, o Polo e a Mika do Cãopanheiro Labra -, os influenciadores convocarão seus seguidores a fazerem uma adoção responsável. 

“Nossa intenção é criar uma grande corrente de positividade para que mais pessoas tenham a alegria de conviver com esses pets que tanto amamos e, assim, tornar suas vidas mais doces. Por outro lado, queremos dar a chance para que mais peludos, que precisam tanto de um lar, encontrem uma família para chamar de sua, assim, espalharmos positividade por aí. A Barefoot acredita e defende o respeito por todos os seres”, explica Johannes Bornemisza. 

SOBRE A BAREFOOT

Criada na Califórnia em 1965, Barefoot, a marca de vinho mais vendida e mais premiada nos Estados Unidos, nasceu da paixão de seu fundador Davis Bynum pelo vinho e pelo método livre de pisar as uvas descalço, daí a origem do nome Barefoot.

O negócio, porém, cresceu após a chegada de dois empresários visionários que assumiram o comando da vinícola, Michael Houlihan e Bonnie Harvey. Em 2005, Barefoot foi incorporada à Vinícola Gallo, contribuindo para levá-la para os seis continentes e torná-la uma das marcas de vinho mais reconhecidas do mundo. Os vinhos Barefoot que são distribuídos e vendidos na América Latina são produzidos no Chile, em uma parceria com a Vinícola Santa Rita.

Assim como encanta à Barefoot fazer vinho, encanta também apoiar pessoas e causas. Desde 1990, a marca realiza por meio de embaixadores, ações mundiais de apoio a comunidades, causas sociais e ambientais. Barefoot possui mais de 30 produtos, cada um com seu próprio rótulo colorido, representando a diversidade, um dos grandes valores da marca.

A empresa pretende ampliar o número de consumidores de vinhos no Brasil a partir das uvas mais doces. Globalmente, a estimativa é que Barefoot atinja 1 bilhão de dólares até 2025.

Um estudo interno conduzido por Barefoot apontou que metade de todos os novos consumidores de vinho que entram na categoria se dão por meio de uma opção doce. Além disso, diferente do que se acredita, os vinhos doces agradam todas as faixas etárias acima de 24 anos e níveis de renda.