/Por Tânia Nogueira

Jogos de tabuleiro têm feito bastante sucesso nestes dias de quarentena (ou semiquarentena). Vinho, mais ainda. O jogo Mestre dos Vinhos Tintos do Mundo (399 reais), desenvolvido pelo fotógrafo e publicitário Marcos Gomez, permite que você reúna essas duas formas de passar o tempo, aproveitando para aprender sobre o tema e desenvolver sua capacidade de degustação.  

Gomez, que frequenta confrarias há mais de uma década e já fez vários cursos sobre o assunto e viagens enoturísticas, sabe bem que a melhor forma de se aprender sobre vinhos é beber, beber e beber. De preferência, com atenção naquilo que se está bebendo. Seu jogo proporciona justamente isso.

É feito para ser jogado em grupos de três a seis pessoas e se baseia no conceito da degustação às cegas, na qual o degustador deve tentar adivinhar o que está bebendo sem ver a garrafa. Pode ser jogado de duas formas: na primeira, cada jogador apresenta um vinho e os outros tentam descobrir características desse vinho, como a idade do rótulo, sua dosagem alcoólica, se é um vinho do Novo ou do Velho Mundo e a uva ou uvas que entram em sua composição. A segunda forma de se jogar é ter uma pessoa que apresenta todos os vinhos e não participa da pontuação. 

É um jogo que conta muito mais o conhecimento do que a sorte. Portanto, quanto mais se joga, maiores as chances de ser campeão.

Experimente nossas seleções e viva a melhor e mais abrangente experiência enológica. Associe-se!