/Por Ana Beatriz Miranda

Uma dúvida comum entre muita gente que começa a se aventurar no mundo do vinho é qual destas duas uvas dá origem a um vinho mais forte: Malbec ou Cabernet Sauvignon.

E força, nesse caso, significa potência em todos os seus âmbitos:

  • aromas,
  • sabores,
  • coloração,
  • taninos,
  • álcool
  • e estrutura no paladar.

Um vinho estruturado é uma bebida com mais corpo, mais presença em boca.

Quando se fala em rótulos encorpados, o que se quer dizer é que o líquido é mais denso e viscoso, com maiores texturas e concentrações perceptíveis. 

Geralmente, os vinhos mais potentes amadurecem em barricas de carvalho, adquirindo características mais complexas da madeira.

Muitos enófilos iniciantes podem não apreciar a sensação que esses exemplares oferecem. 

Embora o processo de vinificação, sobretudo o amadurecimento, tenha grande influência no corpo do vinho, há uvas que naturalmente geram bebidas mais ou menos robustas.

Tanto a Malbec quanto a Cabernet Sauvignon podem ser encontradas em versões de médio corpo e encorpadas.

Porém, a Cabernet Sauvignon tem uma maior tendência a dar origem a rótulos poderosos.

Ainda assim, existem malbecs muito concentrados, geralmente os das linhas premium de vinícolas argentinas. 

Vinho para o dia a dia

Se você busca um vinho mais para o dia a dia, fácil de agradar, é melhor optar por um malbec de safra recente, que não passe por barricas de carvalho.

Ele será bastante frutado com taninos macios.

Também é possível encontrar exemplares de Cabernet Sauvignon com perfil descomplicado, desde que não passe por madeira e seja jovem. 

Rótulos cheio de complexidade

Mas se o que você quer é um exemplar cheio de complexidade, deve procurar um bom malbec envelhecido da Argentina, feito a partir de vinhas velhas, ou um cabernet maduro, com potencial de guarda, do país produtor de sua preferência, já que a rainha das tintas é cultivada com sucesso nos quatro cantos do planeta.

Vinhos fortes geralmente têm maior teor alcoólico, a partir de 13,5%, e precisam decantar por um tempo para que seus aromas e sabores se abram. 

vinho
Chile
Região: Valle de Curico
2015 / 750 ml / TINTO
Quasar Limited Edition Cabernet Sauvignon 2015
R$ 249,41
MAIS DETALHES
vinho
Chile
Região: Valle de Colchagua
2016 / 750 ml / TINTO
Ravanal Gran Reserva Lim. Production Cab. Sauvignon 2016
R$ 112,00
MAIS DETALHES