/Por Rafael Tonon

Aquele sonho de ter uma quinta para produzir os próprios vinhos em Portugal está mais próximo do que nunca. A adega Quinta dos Vales, no Algarve, acaba de criar o projeto The Winemaker Experience, em que é possível arrendar uma parceria de uma vinha na região para produzir ali bebidas próprias, com as castas e as especificações de colheita e vinificação que desejar.

A proposta é inédita no país – ainda que já existam projetos semelhantes na Argentina e na Austrália, por exemplo – e quer dar a chance aos amantes de vinho de se tornarem “enólogos”, sem precisar investir milhões de euros para isso. “A única coisa que estou fazendo é oferecer às pessoas um pouco da experiência que eu tive de realizar um desejo antigo”, conta Karl Heinz Stock, proprietário da Quinta dos Vales e idealizador da ideia.

Propósito antigo

Em 2006, quando ainda era apenas um amante dos vinhos, Karl visitou o Algarve, no sul de Portugal, e se encantou com os rótulos da região, ainda desconhecida por muitos no universo da enologia. “Foi ali que decidi que iria me tornar um viticultor”, afirma o alemão, que trabalhou nas áreas imobiliária e petrolífera antes de encarar o vinhedo.

Comprou uma vinha, construiu uma adega, montou uma equipe e criou um negócio em torno da nova paixão. “Esse é o sonho de muitos apaixonados por esse mundo, mas é incrivelmente difícil de realizar”, declara sobre a dedicação e o alto investimento que a prática exige. “Eu adoraria ter um projeto assim quando comecei, por isso sabia que havia demanda para criá-lo.”

O The Winemaker Experience começou na vindima de 2018, mas a quinta só passou a comunicar mais abertamente a possibilidade para os enólogos amadores em novembro de 2020, quando a pandemia parecia estar mais controlada. “Estávamos ganhando experiência”, explica. “Agora sentimos que estamos prontos, e estamos nos preparando para uma expansão considerável.”

Almejo futuro

Já são cinco os “winemakers” da Quinta dos Vales, um deles já com três parcelas arrendadas. Karl Heinz Stock, entretanto, pensa mais alto. Seu objetivo em médio prazo é passar cerca de metade das vinhas para a propriedade de terceiros, o que significa aproximadamente 200 parcelas individuais de vinhas privadas, cada uma produzindo cerca de 300 garrafas de vinho por ano. “Para a vindima de 2020 só tínhamos sete parcelas em propriedade de terceiros e, desde então, fechamos negócios para mais cinco das 20 parcelas iniciais que dedicamos ao projeto”, conta.

Plantadas em Lagoa, uma zona de colinas há pouco mais de 6 quilômetros do mar, a quinta aposta em castas portuguesas para o Experience, como touriga nacional e alvarinho, assim como algumas variedades francesas, como syrah e cabernet sauvignon. Há a possibilidade também de enxertar outras castas em vinhas existentes. O grau de envolvimento no processo, desde a produção da vinha até os trabalhos na adega, é uma escolha de cada novo vinicultor, que pode participar das vindimas ou apenas partilhar as preferências com a equipe da adega e deixá-la fazer o trabalho.

O resultado é uma barrica anual de vinho toda sua, que produz uma média de 288 garrafas – com o rótulo personalizado, claro. “Para cada decisão relevante, seja no campo, seja na adega, apresentaremos aos parceiros uma explicação da situação, seguida das opções possíveis, assim como nossa recomendação. Depois cabe ao vinicultor fazer mais perguntas ou tomar uma decisão”, explica Karl.

Ele acredita que há um potencial grande de interessados, uma vez que as pessoas estão buscando uma nova conexão com o campo, principalmente depois da situação que estamos vivendo. “Cada vez mais os consumidores não procuram apenas produtos de qualidade, querem saber de onde vêm os produtos e como são produzidos.”

Essa é a razão pela qual decidiu se concentrar ainda mais no The Winemaker Experience: segundo Karl, porque não se trata apenas da combinação da agricultura e do turismo, mas sim da integração desses dois setores, onde o novo vinicultor pode se sentir mais próximo daquilo que bebe na taça. “Nós apenas guiamos o processo. O winemaker é quem está no controle”, conclui.

Experimente nossas seleções e viva a melhor e mais abrangente experiência enológica. Associe-se!