/Por Carolina Almeida

A Moet Hennessy, divisão de bebidas do grupo LVMH, anunciou que agora é detentora de 50% das ações da Armand de Brignac, marca de champanhe do rapper Jay-Z, também conhecido como o marido de Beyoncé. De acordo com o New York Times, a amizade entre Jay-Z e Alexandre Arnault, filho do fundador e presidente da LVMH, Bernard Arnault, contribuiu para o negócio, avaliado em mais de 300 milhões de dólares.

Em 2019, a cave vendeu mais de 500 mil garrafas, mas a pandemia impactou o comércio. Com o negócio em baixa, o astro decidiu abrir mão de parte da marca, sua queridinha desde a polêmica com o Champagne Cristal – ao ser questionado sobre a popularidade do rótulo entre rappers, um executivo da Cristal respondeu: “O que podemos fazer? Não podemos proibir as pessoas de comprá-lo”. Depois disso, Jay-Z boicotou a vinícola, elegeu a Armand de Brignac como favorita e a transformou em sucesso.

Experimente nossas seleções e viva a melhor e mais abrangente experiência enológica. Associe-se!