/Por Ana Beatriz Miranda

É um clássico! Um belo malbec argentino harmonizado com carne vermelha. Se for a típica parrillada argentina então, melhor ainda. Sem dúvida, essa combinação é uma daquelas que não tem erro, elevando a experiência enogastronômica a outro patamar. Mas você sabe por que a uva Malbec combina tanto com carne? 

Os vinhos feitos a partir de Malbec geralmente são estruturados, têm acidez delicada, taninos redondos e presentes, teor alcoólico alto, com muita fruta no aroma e no paladar. A passagem por barricas de carvalho acrescentam mais complexidade à bebida. Os cortes que mais combinam com Malbec são aqueles com alto teor de gordura. O vinho ajuda a neutralizá-la, equilibrando sua potência e fazendo uma festa na boca. 

O contrafilé, um dos cortes mais tradicionais, é a opção certeira com Malbec. É a partir dele que são feitos os famosos bife Ancho, um filé alto com gordura no meio, e o chorizo, corte horizontal de contrafilé com gordura na parte de cima.

Ambos são muito suculentos e saborosos. O prime rib também é um corte feito de contrafilé. Ele é uma variação do ancho, mas com o osso das primeiras costelas. Da região frontal do contrafilé, é retirado o ojo de bife, corte popular argentino, o miolo do Ancho. 

Entretanto, se a ocasião for um churrasco com variados cortes, o Malbec também vai casar muito bem, justamente por balancear a robustez e os sabores defumados das carnes com sua potência. Embora seja o seu paladar e suas preferências que comandem a harmonização de vinho com comida, existem as combinações testadas e comprovadamente de sucesso, não à toa. O prato do dia é carne? Então já prepare a taça e bote o Malbec para gelar. 

Experimente nossas seleções e viva a melhor e mais abrangente experiência enológica. Associe-se!