/Por Ana Beatriz Miranda

Quando falamos em vinho fortificado, o vinho do Porto é provavelmente o mais lembrado. Contudo, o vinho Madeira também se destaca entre os grandes exemplares desse tipo. Ele, inclusive, foi apreciado por personalidades ilustres como William Shakespeare, Napoleão Bonaparte e Winston Churchill. Sua história é tão antiga quanto à ilha que inspira seu nome. O Arquipélago da Madeira, que pertence a Portugal, é composto por oito ilhas, sendo apenas duas habitadas. A Ilha da Madeira é a principal delas e é onde se produz o vinho homônimo.

História do vinho Madeira

No século 15, quando Portugal anexou a ilha a seu território, o infante Dom Henrique ordenou que videiras fossem cultivadas por lá. As variedades Tinta Negra, Sercial, Boal, Verdelho e Malvasia se adaptaram muito bem às condições de clima e solo locais, gerando uvas de alta qualidade. A produção de vinho teve início a partir do comércio recém-nascido nas rotas do Atlântico para a Índia e o Novo Mundo, como a América era chamada.

Assim como outros famosos vinhos, o Madeira foi criado por ação do destino. Os barris que não eram comercializados para as colônias atingiam temperaturas muito altas durante a viagem, tornando-se mais intensos em aromas e sabores. Essa bebida ficou conhecida como “vinhos de roda“, a origem do vinho Madeira, e atingiram preços estratosféricos. 

Como o vinho Madeira é feito?

Ao identificarem que os “vinhos de roda” ficavam naturalmente melhores, os produtores desenvolveram um método, chamado de estufagem, para criá-los. O vinho base é produzido normalmente. A ele é adicionada aguardente vínica, a fim de interromper a fermentação e aumentar o teor alcoólico. Ele então é armazenado em tanques estufa e passam por aquecimento constante por alguns meses.

Hoje há outras formas de elaborar o vinho Madeira. Na técnica do canteiro, por exemplo, o vinho não é aquecido artificialmente, mas passa por um aquecimento natural ao ser armazenado em barricas colocadas em lugares que atingem altas temperaturas, como os pisos mais altos dos prédios. 

O tempo de exposição ao calor e à micro-oxigenação da madeira faz com que o vinho adquira aromas e gostos específicos, além de uma coloração do amarelo ao castanho. O vinho Madeira tem intencionalmente características de oxidação

Características

Quase 90% do vinho Madeira é feito a partir da uva Tinta Negra. O restante é composto pelas outras uvas que a denominação de origem permite. Sendo um vinho fortificado, ele é adocicado, mesmo quando é classificado como seco. A doçura é equilibrada pela alta acidez. É uma bebida que envelhece muito bem, chegando a 50 anos de amadurecimento. A sua indicação de consumo é como aperitivo ou digestivo. Os mais doces podem acompanhar sobremesas com toque cítrico

vinho
Região:
180ml / Taça
Taças de Vinho do Porto - 2 Taças
R$ 70,00
MAIS DETALHES
vinho
Portugal
Região: Douro
750 ml / VINHOS
Vinho do Porto - Quinta do Portal Porto Alegre Ruby
R$ 101,00
MAIS DETALHES
vinho
Portugal
Região: Douro
750 ml / TINTO
Vinho Do Porto Quinta Da Pacheca Porto Tawny 10 Anos Old
R$ 459,00
MAIS DETALHES
vinho
Portugal
Região: Douro
2016 / 750 ml / TINTO
Vinho Do Porto Quinta Do Portal Fine Ruby
R$ 159,00
MAIS DETALHES
vinho
Portugal
Região: Douro
750 ml / Branco
Vinho Do Porto Quinta Do Portal Fine White
R$ 159,00
MAIS DETALHES
vinho
Portugal
Região: Douro
2016 / 750 ml / Tinto
Vinho Do Porto Quinta Do Portal Porto Alegre Tawny
R$ 109,00
MAIS DETALHES
vinho
Portugal
Região: Douro
750 ml / TINTO
Vinho Do Porto Quinta Da Pacheca Tawny
R$ 168,00
MAIS DETALHES