/Por Daniel Perches

Se você já deparou com uma prateleira cheia de taças, sabe quanto é bonito ver aquele monte de formas e tamanhos. Mas, afinal de contas, existe mesmo diferença de uma para outra? É preciso ter todas? O material importa?

Para responder a todas essas perguntas, vamos começar pelos formatos e, para isso, precisamos relembrar alguns conceitos da física, do tempo que aprendemos no colégio.

Os diferentes modelos são frutos de estudos feitos por produtores de taças e têm como objetivo identificar a maneira e em qual ponto de nossa boca o vinho vai entrar.

Como uma “onda”, o líquido pode ser despejado mais ao fundo ou mais ao centro, potencializando sabores mais amargos ou doces, por exemplo.

E, para entender esse conceito, nada melhor do que fazer um teste simples, prestando atenção a seu próximo gole.

É só beber normalmente e sentir se o vinho está entrando de forma mais “represada”, ou seja, mais ao meio, ou se está entrando inundando toda a boca de uma só vez.

Há também os “formatos universais”, que facilitam nossa vida, e você pode facilmente identificá-los: os de vinho tinto, as taças são maiores, com o bojo mais alto; os de vinho branco, as taças são um pouco menores do que as do tinto e com um formato similar; os de espumante, tipo “flauta” ou “tulipa”, são finos e compridos.

Do que é feita

O material também traz mudanças em nossa degustação. Uma taça produzida com cristal fino nos dá a impressão de maior aproveitamento das sensações, enquanto um vidro mais grosso pode interferir negativamente – no caso de plástico e acrílico, pode ter até interferência direta no sabor final.

Há inclusive algumas taças que têm uma pequena quantidade de titânio na composição, tornando-as mais resistentes a quebras, o que pode ser muito útil e até econômico.

Sim, o modelo de taça faz diferença e traz mais qualidade a sua degustação. Voltando a nossa bela prateleira cheia de taças diferentes, é claro que seria uma delícia ter todas, mas a boa notícia é que não é preciso tudo isso.

A maioria dos vinhos, sejam tintos, sejam brancos, pode ser bem degustada em uma boa taça tipo “Bordeaux”, que é o tipo de taça de vinho tinto mais comum.

Dá para degustar ou beber até espumantes nesse tipo de taça e, se fizer isso, será capaz de distinguir mais aromas. Temos de admitir que a taça alongada traz um charme especial à bebida, com os cordões de perlage subindo (as famosas bolhinhas) em uma coreografia sincronizada na taça.

Acessórios para Vinho

vinho
Região: Bordeaux
2 Un. / taca
Tacas Bordeaux Cj 2 Tacas
R$ 81,00
MAIS DETALHES
vinho
Região:
ACESSORIOS PARA VINHO
Bico Dosador Para Espumante
R$ 89,00
MAIS DETALHES
vinho
Região: Barolo
1500ml / ACESSORIOS PARA VINHO
Decanter
R$ 92,00
MAIS DETALHES
vinho
Região:
Vacu Vin / ACESSORIOS PARA VINHO
Cortador De Lacre
R$ 44,00
MAIS DETALHES
vinho
Região:
ACESSORIOS PARA VINHO
Estojo Cortica C/ 5 Acessorios
R$ 126,00
MAIS DETALHES
vinho
Região:
ABRIDOR
Saca-Rolhas Sommelier
R$ 47,00
MAIS DETALHES
vinho
Região:
ACESSORIOS PARA VINHO
Bomba Vacu Vin com 2 Rolhas
R$ 104,00
MAIS DETALHES
vinho
Região:
4 un / BOLSA
Bolsa Termica para 4 Vinhos
R$ 79,00
MAIS DETALHES
vinho
Região:
ACESSORIOS PARA VINHO
Bico Dosador Jg 2 Bicos
R$ 46,00
MAIS DETALHES
vinho
Região:
ACESSORIOS PARA VINHO
Bico Dosador Abs/ Tpr P/ Vinho
R$ 34,00
MAIS DETALHES