/Por Carolina Almeida

O prêmio, que existe há 19 anos, já nomeou a empresa duas vezes – a primeira delas em 2015. “Estamos honrados em receber essa premiação, que é um reconhecimento do ótimo ano que tivemos. Sem dúvida, foram tempos desafiadores, mas que também revelaram boas oportunidades, gerando resultados históricos e grandes marcos de sustentabilidade”, disse o CEO da Concha y Toro, Eduardo Guilisasti.

O presidente dos jurados e master of wine Patrick Schmitt destacou a produção sustentável da Concha y Toro, além da gestão da empresa durante a pandemia, classificando-a como uma “potência do mercado de vinhos cada vez mais global”.