/Por Carolina Almeida

Por falar em leilão, a londrina Sotheby’s anunciou que as vendas de vinhos e destilados aumentaram 44% durante 2021. O departamento de vinhos foi o destaque da casa, responsável por 111 milhões de dólares.

“Rapidamente quebramos recordes em todas as áreas de nosso negócio e lançamos iniciativas e parcerias em todas as categorias e regiões”, disse Jamie Ritchie, chefe da seção.

Cerca de 40% dos compradores de leilões de vinhos e destilados em 2021 eram novos na modalidade, e um terço tinha menos de 40 anos. Entre os vinhos mais caros estão Corton Renardes Grand Cru (barril por 900 mil dólares), Romanée Conti 1990 (nove garrafas por 450.500 dólares) e Romanée Conti 2000 (garrafa Matusalém por 404.600 dólares).

Confira os vinhos premiados disponíveis para compra:

vinho
Brasil
Região: Serra do Sudeste
2010 / 750 ml / TINTO
Lidio Carraro Grande Vindima Tannat 2010
R$ 485,88
MAIS DETALHES
vinho
Chile
Região: Valle del Maipo
2015 / 750 ml / TINTO
Echeverria Quasar Wines Limited Edition Syrah 2015
R$ 234,12
MAIS DETALHES