/Por Ana Beatriz Miranda

A degustação do vinho começa com a análise visual do líquido. Antes de sentir os aromas e dar o primeiro gole, a gente observa as cores, os tons, os reflexos e a aparência da bebida. Mais do que um ritual, essa etapa traz informações importantes.

Dá para ver se o vinho tem borra, se está límpido, os métodos de elaboração, as uvas e até se passou por envelhecimento. Vinhos tintos, rosés e brancos têm características visuais diferentes. 

Fatores que determinam as cores do vinho branco

Cor da uva

O primeiro fator que define a cor do vinho é a uva. De forma geral, as polpas das uvas são brancas e não tingem o líquido. Logo os vinhos tintos adquirem suas cores exuberantes por conta das cascas das variedades, que ficam em contato com o mosto durante a elaboração. 

No caso dos brancos, não há contato com as cascas e, por isso, suas nuances de cores são todas amareladas. Umas mais, outras menos. Há uvas brancas naturalmente mais clarinhas, como Verdejo, Muscadet e Riesling as intermediárias Trebbiano, Sauvignon Blanc e Chenin Blanc, e as mais intensas Chardonnay, Sémillon e Viognier

Forma de elaboração

A cor do vinho branco também vai variar se ele for feito com apenas um tipo de uva, os varietais, ou com uma mistura, os blends, cortes ou assemblages. Se amadurecer em tanques de aço inoxidável, a cor não sofre muita alteração. Mas se estagiar em barricas de carvalho, aí a coloração será mais intensa.

Idade do vinho

Nossa bebida favorita é complexa e viva, sofrendo alterações ao longo do tempo. A evolução do líquido interfere diretamente na cor. Vinhos mais jovens e ácidos são mais brilhantes e claros, enquanto os mais envelhecidos são mais escuros e com acidez diminuída. 

Variação das cores do vinho branco

Crédito: Wine Folly

Amarelo-pálido e amarelo-esverdeado: vinhos mais jovens e frescos, com boa acidez. Vinhos verdes, varietais de uvas mais claras.  

Amarelo-palha: vinhos jovens também, mas que têm naturalmente mais intensidade de cor e acidez. 

Amarelo-ouro: vinhos mais maduros, que passam por barricas de carvalho.

Amarelo-âmbar: cor clássica dos vinhos brancos doces, como Jerez, Tokaji, Madeira e vinho do Porto branco. 

vinho
Espanha
Região: Galícia
2016 / 750 ml / BRANCO
Vinho Branco La Casa de Las Locas Godello 2016
R$ 174,12
MAIS DETALHES
vinho
França
Região: Languedoc-Roussillon
2019 / 750 ml / BRANCO
Vinho Branco Maison Pourthié Chardonnay 2019
R$ 117,65
MAIS DETALHES
vinho
Itália
Região: Puglia
2018 / 750 ml / BRANCO
Vinho Branco 888 Vermentino Puglia 2018
R$ 51,17
MAIS DETALHES
vinho
França
Região: Borgonha
2018 / 750 ml / BRANCO
Vinho Branco Baudouin Millet Chablis 2018
R$ 351,76
MAIS DETALHES
vinho
Itália
Região: Sicília
2019 / 750 ml / BRANCO
Trovati Bianco 2019
R$ 102,35
MAIS DETALHES
vinho
Itália
Região: Molise
2018 / 750 ml / BRANCO
Vinho Branco Campo In Mare Molise Falanghina 2018
R$ 351,76
MAIS DETALHES
vinho
Portugal
Região: D.O. Dão
2020 / 750ml / BRANCO
Vinho Branco Quinta da Fata Encruzado 2020
R$ 269,41
MAIS DETALHES
vinho
Portugal
Região: Douro
2019 / 750ml / BRANCO
Vinho Vinha Do Bispado Branco 2019
R$ 134,12
MAIS DETALHES
vinho
Eslovênia
Região: Štajerska
2019 / 1000 ml / branco
Vinho Branco Gorice Cuvée Private Selection 2019
R$ 116,47
MAIS DETALHES
vinho
Alemanha
Região: Franken
2018 / 750 ml / BRANCO
Vinho Branco Divino Cuvee Weiss 2018
R$ 116,47
MAIS DETALHES