/Por Ana Beatriz Miranda

A uva branca Friulano se destaca como um dos grandes nomes do vinho branco do nordeste da Itália, principalmente Friuli. Por muito tempo, estudiosos acreditaram que a casta era autóctone de Friuli, até que uma análise minuciosa do DNA mostrou que ela é, na verdade, francesa, chamada de Sauvignon Vert ou Sauvignonasse.  

Em Friuli, seu nome oficial era Tocai Friulano, mas a Hungria encrencou com o “Tocai” com receio de associarem o vinho italiano ao Tokaji húngaro. Assim, Friuli passou a usar apenas Friulano nos rótulos. No século 19, a variedade foi levada para o Chile. Lá foi por muito tempo confundida com a Sauvignon Blanc, por terem folhas e tamanhos das uvas bem parecidos. 

Características da uva Friulano

Trata-se de uma casta que prefere climas secos e frios. Os cachos têm formato piramidal e volume médio, com bagos médios e redondos, cascas finas e coloração amarelo esverdeada. É uma variedade resistente a pragas.

Os vinhos feitos de Friulano em Friuli geralmente são varietais bastante frutados, com destaque para frutas cítricas e frutas brancas, além de toque mineral e de amêndoas.

São bebidas mais encorpadas e menos aromáticas que as elaboradas com Sauvignon Blanc. Possuem acidez alta e podem estagiar por um tempo em barricas de carvalho, para ganharem mais complexidade.   

Os rótulos de Friulano são ótimos para serem apreciados com comida. Lagosta, camarão, ostras, peixes com ervas, polvo e presunto cru são combinações deliciosas. Ele sustenta bem uma bela tábua de charcutaria também, com queijos maturados.