/Por Elaine de Oliveira

A saga de dom Pedro e Inês de Castro, da Quinta das Lágrimas, em Coimbra (Portugal), talvez seja uma das mais emocionantes já vividas. E esse amor proibido, mesmo após 650 anos, ainda segue encantando o mundo, imortalizado em poemas, pinturas, músicas, peças de teatro e esculturas. Praticamente um Romeu e Julieta lusitano.

Pedro era o filho do rei de Portugal, herdeiro do trono. Já Inês, uma dama de companhia da princesa espanhola dona Constança Manuel, esposa prometida de Pedro. Ao se conhecerem, apaixonaram-se perdidamente. Dom Pedro enfrentou a reprovação de todos: a nobreza considerava uma afronta aquela ligação indecorosa, até pelo perigo que a influência da família dos Castro (da Galícia) poderia trazer à coroa portuguesa.

O rei dom Afonso IV foi obrigado a tomar atitudes frente à situação e mandou exilar Inês no Castelo de Albuquerque, na fronteira castelhana. Mas a distância não trouxe o efeito esperado. Meses depois, a princesa Constança faleceu ao dar à luz dom Fernando, herdeiro do trono de Portugal.

Então viúvo, Pedro fez com que Inês regressasse e foi viver com ela na Quinta das Lágrimas. Chegou aos ouvidos de dom Afonso que os Castro – parentes espanhóis de Inês – queriam assassinar o infante Fernando, filho de Pedro e Constança, uma vez que era ele o sucessor ao trono de Portugal.

Diante do possível desdobramento político e social, dom Afonso tomou uma decisão drástica: por influência de seus conselheiros, numa reunião convocada sem a presença de dom Pedro, decidiu executar Inês.

Aproveitando a ausência do príncipe durante uma caçada, os capangas entraram no paço e, apesar das súplicas e do desespero de Inês, decapitaram-na, com apenas 30 anos de idade. Algum tempo depois, o próprio rei faleceu, tornando-se Pedro, então, o novo rei de Portugal.

Após ser coroado, ele iniciou uma caçada aos três assassinos de Inês, conseguindo capturar dois deles. Não satisfeito, o novo rei, em uma última homenagem a seu grande amor, mandou que desenterrassem Inês, que a vestissem com os trajes reais e a coroou rainha, mesmo depois de morta, obrigando que toda a corte beijasse a mão daquela que tanto desprezara.

O amor de Pedro e Inês foi imortalizado na literatura, no “Canto III” dos Lusíadas, de Luis Vaz de Camões, e nos versos de Garcia de Resende, assim como também é homenageado na enologia: o tinto Pedro & Inês, produzido pela vinícola Quinta de Cabriz, com duas uvas tradicionais portuguesas, que lembram os personagens principais desse enredo.

A touriga nacional, estruturada e masculina, remete a Pedro; e a alfrocheiro, perfumada e feminina, recorda Inês. A união das duas criou um vinho expressivo e elegante. As uvas são colhidas e fermentadas em conjunto, em barricas abertas de carvalho. Depois estagiam por 14 meses em barricas usadas. No rótulo vem escrito “A nossa homenagem a um amor puro que irá durar até o fim dos tempos”.

Nos tempos atuais

Maria Luísa e José Manuel, da vinícola Quinta dos Poços, também são de Portugal. Eles se conheceram ainda crianças na cidade do Porto, onde moravam na mesma rua, a 100 metros de distância um do outro. Ela tinha diversos irmãos e ele, nenhum – até que ficou muito amigo do futuro cunhado, que tinha o mesmo nome e idade dele. Dessa forma, José vivia na casa de Maria envolvido em brincadeiras de crianças.

Até que cresceram e cada um foi para uma universidade diferente. A dupla nunca deixou de trocar cartas. Ele se formou médico e, com a chegada da Guerra Colonial Portuguesa, em 1961, seguiu para Angola, onde ficou por três anos. Sem nunca sequer terem namorado oficialmente e recém-chegado da África, José entrou no laboratório da faculdade de ciências em que Maria trabalhava e a pediu em casamento de surpresa.

Eles se casaram três meses depois. Hoje já somam 57 anos de união, com uma família de quatro filhos, 11 netos e três bisnetos. José exerceu a medicina por toda a vida e ela, licenciada em físico-química, foi professora durante quatro décadas. Sempre cultivaram uma paixão pelo Douro e sonhavam juntos um dia ter a própria vinícola.

Concretizaram o desejo em 1986, quando compraram uma propriedade de vinhos antiga, com mais de 250 anos. Converteram a vinha, construíram a adega e passaram a produzir os vinhos da Quinta dos Poços, que são incríveis. Os rótulos estampam o lindo casal, desenhado pela designer Joana Quental, que é professora universitária e colabora com livros infantis.

Elo Brasil

A história da produtora portuguesa Filipa Pato e de William Wouters tem o Brasil como palco. Eles se conheceram em 2014, na Antuérpia (Bélgica), quando Filipa foi apresentar os vinhos dela na mesma época em que Wouters era proprietário de um restaurante e também chef de cozinha da Seleção Belga de Futebol.

Pouco tempo depois, eis que o universo conspirou a favor e eles voltaram a se encontrar, só que dessa vez aqui, durante a Copa do Mundo no Brasil, naquele mesmo ano. Começaram a namorar enquanto passaram uma semana mágica no Rio de Janeiro.

Dois filhos depois, lançaram uma linha de tinto e branco chamada de “Nossa Calcário” – o nome é uma homenagem ao início do relacionamento, por causa dos inúmeros “noossaaaa” que escutaram dos cariocas. Atualmente, a vinícola Filipa Pato & William Wouters produz vinhos artesanais biodinâmicos extraordinários e premiadíssimos. 

Confira os Vinhos de Portugal na nossa Loja:

vinho
Portugal
Região: Douro
2019 / 750 ml / TINTO
Vinho Tinto Crasto Douro 2018
R$ 245,88
MAIS DETALHES
vinho
Portugal
Região: D.O. Dão
2016 / 750 ml / TINTO
Vinho Tinto Quinta da Fata Colheita 2016
R$ 176,47
MAIS DETALHES
vinho
Portugal
Região: D.O. Dão
2020 / 750ml / BRANCO
Vinho Branco Quinta da Fata Encruzado 2020
R$ 269,41
MAIS DETALHES
vinho
Portugal
Região: Douro
2019 / 750ml / BRANCO
Vinho Vinha Do Bispado Branco 2019
R$ 134,12
MAIS DETALHES
vinho
Portugal
Região: Douro
2019 / 750 ml / ROSE
Vinho Vinha Do Bispado Rosé 2019
R$ 114,00
MAIS DETALHES
vinho
Portugal
Região: Douro
2019 / 750 ml / TINTO
Vinho Tinto Vinha Do Bispado 2019
R$ 102,35
MAIS DETALHES
vinho
Portugal
Região: Tejo
2019 / 750 ml / TINTO
Vinho Tinto Rota de Cabral 2019
R$ 57,65
MAIS DETALHES
vinho
Portugal
Região: Península de Setúbal
2019 / 750 ml / TINTO
Vinho Tinto Ameias 2019
R$ 63,53
MAIS DETALHES
vinho
Portugal
Região: Península de Setúbal
2019 / 750ml / TINTO
Sobreiro de Pegões Colheita 2019
R$ 102,35
MAIS DETALHES
vinho
Portugal
Região: Douro
750 ml / VINHOS
Vinho do Porto Quinta do Portal Porto Alegre Ruby
R$ 116,47
MAIS DETALHES