/Por Ana Beatriz Miranda

Entre os muitos célebres vinhos classificados como suaves (doces), de acordo com a quantidade de açúcar residual, o Trockenbeerenauslese é um dos mais cobiçados. Seu nome pode assustar, é verdade. E pode ser praticamente impronunciável. Mas seu significado está todo nele. 

Na língua alemã, uma palavra pode ser uma frase completa. “Trocken” quer dizer seco, “beeren” significa bagas e “auslese” é seleção. Algo como “seleção de uvas secas“. Apelidado de TBA, o Trockenbeerenauslese é a mais alta classificação de vinhos de qualidade superior da Alemanha, os chamados Prädikat, de acordo com a quantidade de açúcar. Eles não podem ser fortificados, com acréscimo de álcool.

Crédito: Divulgação

A escala Prädikat tem início com os Kabinett (vinhos reserva), passando pelos Spätlese (de colheita tardia), Auslese (seleção de cachos), Beerenauslese (seleção de uvas), Eiswein (icewine, de uvas congeladas) até chegar ao Trockenbeerenauslese, os mais nobres. 

Método de elaboração: botritização

Assim como dois outros grandes nomes do mundo do vinho, Sauternes e Tokaji, ambos vinhos doces, o Trockenbeerenauslese é elaborado por botritização, chamada de “podridão nobre“. O fungo Botrytis cinerea ataca os vinhedos, desidratando as uvas, concentrando aromas, sabores, acidez e açúcares. É preciso uma condição especial de clima, com manhãs úmidas e frias que dão lugar ao sol e tardes secas. 

As uvas murcham, secam e se tornam quase passas, para então serem colhidas e vinificadas. Para o Trockenbeerenauslese, os frutos devem estar realmente secos. A colheita é de uva a uva, feita à mão e o rendimento é muito baixo. 

Características do Trockenbeerenauslese

Para receber o prestígio da mais alta classificação, o vinho doce alemão deve seguir a escala Oechsle, que mede a densidade do mosto, indicativo de maturação da uva e do teor de açúcar. Ele deve ter de 150 a 154 gramas de açúcar por litro. 

São bebidas caras — muitos rótulos entre os mais caros do mundo, elaboradas com primor. A alta doçura é contrabalanceada por uma acidez de primeira. O teor alcoólico é baixo e a capacidade de envelhecimento é estrondosa. Tanto que são chamados de vinhos eternos. É um vinho dourado, com aromas e sabores elegantes, do tipo difícil de descrever, de tão especial. Só provando para entender a peculiaridade de um Trockenbeerenauslese.

Vinhos Alemão

vinho
Alemanha
Região: Nahe
2018 / 750 ml / ROSE
Vinho Rosé Nahe Treu Dornfelder 2018
R$ 87,00
MAIS DETALHES
vinho
Alemanha
Região: Franken
2018 / 750 ml / BRANCO
Vinho Branco Divino Cuvee Weiss 2018
R$ 116,47
MAIS DETALHES
vinho
Alemanha
Região: Württemberg
2016 / 750 ml / TINTO
Vinho Tinto Emotion Lemberger Trocken 2016
R$ 582,35
MAIS DETALHES