/Por Carolina Almeida

Os artefatos apareceram enquanto a 126ª Brigada de Defesa Territorial Ucraniana, na cidade de Odessa, cavava espécies de trincheiras para proteger o território de ataques russos. O local exato da descoberta não pôde ser documentado por conta da guerra em andamento, mas os militares afirmaram que as ânforas foram entregues à equipe do Museu Arqueológico de Odessa, que prometeu incorporá-las à coleção.

De acordo com a publicação Heritage Daily, os recipientes estão associados especialmente aos impérios grego e romano e, na época, a cidade de Odessa era um assentamento romano que se desenvolveu a partir de uma colônia grega e se chamava Odessus.